Publicado em Eu li..., Tem filme!

A culpa é das estrelas e dicas sobre o kobo.

imagesA culpa é das estrelas me surpreendeu, me cativou mesmo. É a história de uma adolescente chamada Hazel Grace que tem um câncer avançado mas controlado e que consegue viver um momento infinito com o Augustus um carinha bem metafórico. Isso faz pensar: beleza, mais uma história de amor e morte, de como o amor supera os problemas e mimi. E é, mas a forma leve com que o John Green escreveu o livro me fez acreditar na história e nos personagens que são inteligentes, divertidos, reais, engraçados, e conseguem sofrer mas viver um sentimento infinito em pouco tempo e ao mesmo tempo fazer a gente querer viver a vida e amar. Fiquei encantada!

Ele fez duas coisas que adorei, ressaltou humor e inteligência como armas de charme e beleza, coisas que não são muito valorizadas. E também mostrou como podemos viver o universo de um livro e nos preocupar para valer com os personagens e isso dentro da história mesmo. O livro tem partes tristes mas não são as mais importantes e as tiradas engraçadas valem muito a pena.

A forma como ele retratou as pessoas quando estão doentes e no hospital de forma crua e dura também foi bem feita, porque doença é difícil e não é bonita de se ver e é assim que tem que ser retratada sem fingir que é de outra forma ou simplesmente não descrever. Ele poderia ter fugido de retratar isso e não fugiu.

O livro foi lançado ano passado e já vai virar filme segundo as notícias que eu vi, o longa começa a ser gravado esse ano com a produção Marty Bowen e Wyck Godfrey e o autor está envolvido na adaptação da história para o cinema. “Ele leu todos os rascunhos. Nós conversamos com ele o tempo todo, disse Marty Bowen em entrevista para a MTV. Ele ama o roteiro, e acha que nós capturamos tudo que poderíamos esperar do livro, então eu acho que os fãs vão ficar realmente felizes com isso.” Sempre fico feliz e desconfiada ao mesmo tempo quando um livro que goste é adaptado o jeito é esperar.

992778_631795280165393_1110731400_n

Ele tem outros livros:

culpa_das_estrelas_okay                                                                                Depois me digam se gostaram do livro, O.K.?

O Kobo

SAM_0632 (1071x1280)Esse foi o segundo livro que li no Kobo (um e-reader vendido pela loja Cultura) e estou bem feliz com o presente de aniversário mais legal que já me dei. 🙂 O meu modelo é o Glo que para mim tem um tamanho legal, também existe o mini e o touch que são um pouco menores. E já lançaram o Aura que é o maior.

– Posso carregar ele para qualquer lugar, ele é bem levinho, e não amassa como meus livros quando eu enfio eles na mochila porque gosto de ler em toda parte sempre que tenho uma sobrinha de tempo.

– Livros de graça! É claro que sei que os autores merecem ganhar pelo que escrevem, mas baixar os livros na internet vai me permitir ler muito mais e
nisso sinto muito mais vou ser egoísta.

– Não abandonei os livros impressos, ainda são minha opção número um para ganhar de presente. E minhas sagas preciso tê-las em papel na minha estante, como Guerra dos tronos que já estou no quinto livro.

– A tela parece papel mesmo não tem brilho, se quiser posso ler até no sol que não incomoda. E de noite posso acender a luz dele e regular o brilho.

– Cabe bastante livro, você pode organizar em prateleira por tipo ou do jeito que você quiser da pra fazer marcações e anotações.

Dicas para quem comprou um Kobo a pouco tempo:

– Ler em pdf é horrível, porque para aumentar a letra você só tem a opção de dar  zoom ai tem que ficar arrastando a tela pra lá e pra cá pra ler a continuação da página. Em epub, o melhor formato, você em vez de dar zoom pode aumentar a fonte ai ele ajusta todas as páginas e é só você ir lendo e passando a página sem trabalho nenhum.

– Os grupos do facebook são a melhor fonte que achei para baixar os livros até agora.

– É mais fácil achar os livros para download em pdf, mas você pode converter com um programa chamado Calibre. E ele é bem simples de usar, uma dica que me deram é converter primeiro para RTF, ai você pode abrir no word justificar o texto e apagar espaços incômodos e ai sim converter arrumadinho para Epub. Qualquer dúvida é só me falar!

– Li uma reclamação de que se colocar muitos livros na memória interna do Kobo ele  fica lento, não tive esse problema mas na dúvida da para por no cartão de memória.

– Em um post que vi no facebook, uma pessoa estava parabenizando o atendimento da Cultura, ela teve problemas com o Kobo dela, ligou para reclamar e trocaram dois dias depois sem problemas e aporrinhação.

Anúncios

Autor:

Estudante de Jornalismo na UFF, leitora voraz, que gosta muito de dividir com os amigos o que lê, o que gosta de ler e o que amou ler.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s