Publicado em Eu li...

{eu li} Dose dupla de John Boyne

Fui desafiada no grupo a ler mais livro do John Boyne até a semana passada (uma excelente desculpa para ler livros do John Boyne), e escolhi o Tormento que foi lançado a pouco tempo e Noah foge de casa, dois livros infanto-juvenis, dele leio até bula de remédio. HAHA. Apesar de serem livros para a faixa etária dos pequenos, são muito agradáveis de ler e não são infantilizantes, apesar de tratarem de temas relacionados as crianças. Há algumas semelhanças nas narrativas dos dois livros, nos dois temos meninos espertos, sensíveis e que por motivos diferentes fogem de casa.

tormento Apesar de sentir falta do irmão mais velho, que estava fazendo faculdade em outro país, Danny aproveitava o tempo livre das férias para andar de bicicleta e jogar bola com seu melhor amigo, Luke Kennedy. Até que um dia volta para casa e, estranhamente, não vê sinal de sua mãe. Quando a sra. Delaney finalmente chega, vem acompanhada de dois policiais. Ela havia se envolvido em um acidente – atropelara um garotinho que agora estava em coma, com poucas chances de sobreviver. A sra. Delaney se afoga em culpa e se isola de todo mundo, inclusive do marido e de Danny. O garoto, por sua vez, não entende o que está acontecendo. Por que sua mãe se sente tão culpada quando a própria polícia disse que ela não era responsável pelo que tinha acontecido? E para complicar ainda mais a situação, uma garota estranha fica parada em frente à casa de Danny, claramente observando seus passos… Mais informações.

Nesse aqui temos uma tragédia que liga duas famílias, deixando as duas de pernas pro ar. De quem é a culpa do atropelamento do menino? Existe culpa? A história te prende por 56 páginas, que você nem perceber que leu, é um livro bem curtinho, para mim pareceu um conto estendido. Fiquei até na dúvida se gostei, acho que queria mais. Não da para contar muito da história, porque o livro já é pequeno, tudo vira spoiler rs Mas acho que vale a pena ler! As crianças veem o mundo melhor do que os adultos, e mais simples também.

“Ela estava lá, esperando. A garotinha ruiva. Sentada no fim da rua, encostada numa árvore. Eu sabia que ela estava m esperando. Mas não imaginava por quê. Não lembrava nem de tê-la visto antes. Mas de alguma forma, eu simplesmente sabia que ela estava ali para falar comigo”.

 

noah Noah tem oito anos e acha que a maneira mais fácil de lidar com seus problemas é não pensar neles. Quando se vê cara a cara com uma situação muito maior do que ele próprio, o menino simplesmente foge de casa, aventurando-se sozinho pela floresta desconhecida. Logo, Noah chega a uma loja mágica de brinquedos, com um dono bastante peculiar. Ele tem uma história para contar, uma história cheia de aventuras que termina com uma promessa quebrada, uma história que vai levar o fabricante de brinquedos a pensar sobre o seu passado e Noah a pensar sobre aquilo que deixou para trás. Mais informações.

Esse livro é uma fábula muito linda, emocionante, é uma daquelas narrativas em que o personagem precisa se afastar para aprender pelo caminho e descobrir onde é seu lugar. Temos situações encantadas, engraçadas, divertidas e mágicas. Noah encontra o paraíso das crianças, uma loja de brinquedos, mas o maior presente são as histórias contadas pelo Velo dono da loja. Aos poucos o  leitor vai desvendando porque Noah fugiu, de uma família maravilhosa, e quem é o velho que viveu aventura espetaculares? Para quem gosta de histórias infantis o autor deixa um presente. Cute! Cute! Vale ler!

Anúncios

Autor:

Estudante de Jornalismo na UFF, leitora voraz, que gosta muito de dividir com os amigos o que lê, o que gosta de ler e o que amou ler.

3 comentários em “{eu li} Dose dupla de John Boyne

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s