Publicado em Eu li..., Outros

{eu li} O amante da virgem – Philippa Gregory

oamantedavirgemNeste romance, a escritora traça um retrato da rainha Elizabeth I, conhecida como a “Rainha Virgem”. Coroada aos 25 anos de idade, a jovem monarca encontra as finanças de seu reino em ruínas, além de um exército completamente desmoralizado. Apaixonada por um aristocrata casado, a ambiciosa rainha não vai medir esforços para conquistar seus grandes objetivos. Um romance soberbo cujas descrições transportam o leitor à Inglaterra do século XVI.

Antes que o ano acabe resolvi ler o livro da Philippa Gregory que estava na minha estante, um livro impossível de não gostar, já que amo os livros da autora. Alguns já foram resenhados aqui no blog.

Esse narra parte do reinado de Elizabeth I, uma rainha que no começo não me interessou muito, até aos poucos o livro revelar sua personalidade dividida entre as responsabilidades reais e sua vida amorosa. Esse livro é como olhar pelo buraco da fechadura direto na corte elisabetana os rumores palacianos ganham vida e contornos na história contada pela Philippa.

Elisabeth viveu um caso de amor com Robert Dudley, um nobre que antes de sua coroação estava fracassado e sem nada, e que ascende primeiro como grande amigo e cortesão da nova rainha e aos poucos como seu amante. Muitos planos para casar a rainha e afasta-lá de seu amante casado e da difamação são feitos, mas o destino e alguns atores que sabem representar muito bem seu papel frustam esses planos até a rainha ficar  em uma posição insustentável. Sem ter certeza de quanto pode ser guiada por suas emoções e se pode confiar em seu charmoso e ambicioso cavalheiro de armadura, são os conselhos de William Cecil s que ela mais escuta.

Lembrando que Elisabeth foi aprisionada e esperou muito para ter a coroa, então ela acaba tomando decisões desesperadas para manter o poder. Um poder que é constantemente posto a prova pelos homens de seu governo, suas capacidades por se mulher são sempre questionadas mesmo que não abertamente e todos estão sempre preocupados com que ela se case, gere um herdeiro e coloque um homem de confiança ao seu lado.

Diferente dos filmes que já assisti sobre a rainha, Philippa a retrata como alguém capaz de tomar decisões difíceis, mas não tão corajosa. Mais como alguém que sente muito medo de perder o que conquistou, pensa pouco no povo inglês e mais na imagem que as pessoas tem dela e também que precisa ouvir muitos conselhos antes de decidir. Alguém capaz de mudar de ideia do dia para a noite. Temos no livro somente os primeiros anos de seu reinado, então não sei se seu caráter para a autora que também é historiadora se mantém nos anos seguintes.

Robert também é um personagem bem dúbio que usa todas suas armas para se manter ao lado da rainha e conquista-lá, o quanto disso é amor e o quanto é ambição de ser o futuro rei, é uma linha bem tênue. Se ele não fosse tão infiel a esposa e egoísta ao abandona-lá a infelicidade, logo a Amy uma esposa tão dedicada, talvez o leitor conseguisse ter algum carinho por ele. O final é bem interessante, e ficamos com um dilema tão grande com personagens que aos poucos aprendemos a amar e odiar ao mesmo tempo.

A narrativa mostra a diferença das preocupações de quem vive no campo e na corte, quais são os costumes e tradições dos dois mundos. Amy foi criada com dinheiro mas é alguém que se preocupa em como ele será mantidos e renderá, com a fertilidade de suas terras, enquanto seu marido só se preocupa em conquistar riquezas através de favores da rainha e esbanja-las (o que traz muitos inimigos). Essa dicotomia ajudou muito a afastar o casal na história, tanto quanto o desejo de Robert pela rainha.

Os outros livros sobre a dinastia Tudor publicados no Brasil:

  • A Princesa Leal (1491) (resenha)
  • A Irmã de Ana Bolena (1521)
  • A Herança de Ana Bolena (1539)
  • O Bobo da Rainha (1548)
  • O Amante da Virgem (1558)
  • A Outra Rai­nha  (1568)

Anúncios

Autor:

Estudante de Jornalismo na UFF, leitora voraz, que gosta muito de dividir com os amigos o que lê, o que gosta de ler e o que amou ler.

Um comentário em “{eu li} O amante da virgem – Philippa Gregory

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s