Publicado em Eu li...

{eu li} A casa assombrada – John Boyne

acasaSinopse: Eliza Caine tem 21 anos e acaba de perder o pai. Totalmente sozinha e sem dinheiro suficiente para pagar o aluguel na cidade, ela se depara com o anúncio de um tal H. Bennet. Ele busca uma governanta para se dedicar aos cuidados e à educação das crianças de Gaudlin Hall, uma propriedade no condado de Norfolk – sem, no entanto, mencionar quantas são, quantos anos têm ou dar quaisquer outras explicações. Assim, ela larga o emprego de professora numa escola para meninas e ruma para o interior. Chegando a Gaudlin Hall, Eliza se surpreende ao encontrar apenas Isabella, uma menina que parece inteligente demais para sua idade, e Eustace, seu adorável irmão de oito anos. Os pais das crianças não estão lá. Não se veem criados. A governanta recém-contratada busca informações com as pessoas do vilarejo, mas todos a evitam. Nesse meio-tempo, fica intrigada com janelas que se fecham sem explicação, cortinas que se movem sozinhas e ventos desproporcionais soprando pela propriedade. E então coisas realmente assustadoras começam a acontecer…

Eu geralmente evito histórias de assombração, mas fiquei curiosa pela temática que é bem diferente dos outros livros do autor, John Boyne, que é um dos meus favoritos. Bom o livro deixa você curiosa logo de cara com a casa que se apresenta como um lugar bem perigoso. E o fato de ninguém querer contar a Eliza o que acontece ali deixa claro que algo bem pavoroso pode ter ocorrido no lugar. O leitor logo começa a levantar várias hipóteses até descobrir toda a história, que é o mais legal da trama. É uma bem história plausível que prende o leitor até ele acabar e entender tudo o que aconteceu antes. Não posso entrar em detalhes porque a graça é descobrir cada parte e a história é curta.

Um dos pontos que percebo da obra do autor é o crescimento do personagem, evolução ou mudança. Nesse caso, a personagem se depara com crianças e assume um extinto de proteção por elas e isso acaba mudando a jovem ingênua e insegura numa mulher mais forte e decidida do que se poderia esperar nas primeiras páginas. A melancolia e saber lidar com a perda é outro tema que está bem presente, essa não é uma história de terror apesar de ser sobre fantasmas. Eles não estão ali sem um objetivo que aos poucos vai ficando mais claro.

Apesar de não ser um livro exatamente sobre um período histórico como vários outros livros do autor, a narrativa se passa na Inglaterra no início do século XIX, então a história está ali de qualquer forma, cita-se muito Charles Dickens na história. O período histórico é muito bem construído, os costumes e principalmente o que se esperava das mulheres de diferentes posições sociais naquela época. Não era comum uma mulher ter que tomar suas decisões sozinhas e isso assusta Eliza no começo que se vê desejando um parente para ajuda-lá a tomar algumas decisões. Mas o bom é que aos poucos ela aprende que isso é uma besteira e trassa os rumos de sua história.

johnO autor

Nasceu na Irlanda, em 1971, e mora em Dublin. Escreveu outros seis romances e foi traduzido para mais de quarenta idiomas. Seu livro mais célebre, O menino do pijama listrado (2007) lhe rendeu dois Irish Book Awards, vendeu mais de 5 milhões de exemplares pelo mundo e foi adaptado para o cinema em 2008.

Site: www.johnboyne.com

Veja as resenhas de outros livros do autor.

Anúncios

Autor:

Estudante de Jornalismo na UFF, leitora voraz, que gosta muito de dividir com os amigos o que lê, o que gosta de ler e o que amou ler.

Um comentário em “{eu li} A casa assombrada – John Boyne

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s