Publicado em Eu li

{euReli} Harry Potter e o Cálice de fogo – J.K. Rowling

hp e o cálice de fogoSinopse: No quarto ano em Hogwarts, Harry Potter, embora ainda sem idade suficiente, é misteriosamente selecionado pelo Cálice de Fogo para competir no arriscado Torneio Tribruxo. Estranhos sinais luminosos no céu mostram que Voldemort pode estar anunciando sua volta. Além disso, a marca na testa de Harry não pára de doer, o que sempre significa que algo muito tenso está para acontecer. Harry e seus amigos precisam enfrentar testes terríveis, dentro e fora da gincana. Será que estão preparados?

Vídeo o final da página ou clicando aqui.

Esse livro, o quarto da saga, é muito bom, não lembrava que era tão bom até reler! Claro que amo a série como um todo, mas adorei reler esse! Esse livro começa bem antes de voltar a Hogwarts, algo muito divertido acontece antes disso, a Copa Mundial de Quadribol, e Harry é convidado pelos Weasley para ir com eles assistir a final entre a Irlanda e a Bulgária. (No ano anterior Harry ajudou a Grifinória a ganhar a taça de Quadribol, finalmente, então ele está muito empolgado com o esporte). E isso o arranca de suas férias muito chatas com os Dursley, com direito a uma aparição muito divertida do Sr Weasley, Rony, Fred e Jorge. Mais uma vez Harry pode estar com essa família incrível, é muito importante ressaltar como os personagens tem mais destaque no livro do que no filme, não só Rony e os gêmeos, mas os outros ruivos: Gui, Carlinho, Gina e Percy. O que é fundamental para a história. Gui e Carlinho, além de serem muito divertidos, dão uma sensação de que o mundo bruxo é maior do que a escola e o ministério.

Outra amostra disso é o próprio torneio, que reúne bruxos de vários países, outros ministros, Harry e o leitor de primeira viagem ainda não tinha parado para pensar no que há fora da Inglaterra. Além disso, é mostrado como o ministério trabalha para não deixar os trouxas perceberem os bruxos ou como podem alterar suas memórias. Com isso muitos personagens ovos que trabalham o ministério surgem, e também suas histórias interessantes!

Já de volta para a escola, os alunos ficam sabendo que Hogwarts vai sediar o torneio Tribruxo, em que as três escolas de magia se enfrentam. Até aí nem sabíamos que havia outra. Então temos vários personagens diferentes. Apesar da regra e da mágica para menores de 17 anos não serem selecionados, alguém driblou isso e fez com que Harry participasse. Ele não queria dados os perigos, mas no começo toda a escola vai achar que ele mesmo deu um jeito, quase toda e isso vai deixar ele bem desapontado e ele mais uma vez vira alvo dos olhares tortos. Também temos situações tipicamente adolescentes nesse livro, ciúmes, interesses amorosos e embaraços.

Dito assim, o livro parece só de festa, e realmente até o final do livro, Harry passa quase ileso. Mas isso não significa que as trevas não estão se agitando. Várias coisas estranhas acontecem. Quem colocou o nome de Harry na disputa claramente não é amigo, já que as provas são bem difíceis e tudo pode acontecer. A sorte é que os amigos, como sempre, ajudam muito! Harry vai descobrir várias coisas sobre o passado, gostaria de estar lendo pela primeira vez só para ser surpreendida de novo. Até que ponto o passado de alguns bruxos importa?

Como sempre J.K. conta a história de uma forma que prende o leitor do início ao fim, nesse livro a história começa a ficar mais sombria, apesar das várias festas, lembrando que tudo começou com uma tentativa de assassinato. A autora soube mesclar todas as nuances de uma boa história nesse livro. E continua introduzindo novos elementos mágicos, novos seres, novos objetos encantados, bem antes de eles se tornarem mais importantes na história, nada é de graça. Eu gosto muito disso na história da J.K., ela sempre coloca os elementos importantes bem antes, ou no livro anterior, ou no começo do livro. Nenhum personagem ou objeto cai de paraquedas na história, tudo é bem construído.

Uma coisa que percebi nesse livro também é que tem vários errinhos, eu já tinha reparado em alguns erros de tradução nos livros anteriores. Mas esse tem até erros como trocar o sexo de um personagem, no canto do Chapéu seletor ele fala de todos os fundadores das casas como se fossem todos homens, sendo que na verdade são dois bruxos e duas bruxas. Fora outras coisinhas, eu até pedi para uma amiga olhar na edição anterior e o erro já estava lá. Bem, os livros de HP vendem bem até hoje e há várias edições, podia ter uma revisão antes de lançar um box pelo menos né.

Posts anteriores: HP 1, HP2 e HP3

Todos os vídeos.

Trailer do filme:

Anúncios

Autor:

Estudante de Jornalismo na UFF, leitora voraz, que gosta muito de dividir com os amigos o que lê, o que gosta de ler e o que amou ler.

4 comentários em “{euReli} Harry Potter e o Cálice de fogo – J.K. Rowling

  1. Ooi! Mais uma resenha sobre esta saga tão bem elogiada 🙂 Eu gosto muito do filme deste livro, acho até um dos melhores de todos os filmes. Parabéns pela resenha 🙂

  2. Oiiii, um amor chamado HP!!
    Eu tenho muita vontade de ler HP, reler quer dizer hahahaaha mas, só quero ler quando eu ler as minhas próprias edições. Gostei bastante da sua resenha e isso me deixou com saudade da infância.
    Beijão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s