Publicado em Halloween, Tags

{tag} Personagens de Stephen King #Halloween

Oi pessoal! Para comemorar o Halloween trago a tag criada pelo meu amigo Lucas do Gaveta Alternativa: Personagens de Stephen King. O autor é considerado um dos grandes mestres do terror e tem tudo a ver com a data de hoje. A ideia é relacionar os personagens do autor que ele listou há livros, filmes ou séries. Confira as minhas respostas no vídeo e não deixe de comentar quais seriam as suas escolhas e quais livros do autor você gosta. Convido os blogueiros amigos  responderem tbm!

Tag Personagens de Stephen King:

1 – Carrie White de Carrie, A Estranha (Seu primeiro livro de terror)
2 – Roland Deschain de A Torre Negra (Um personagem obstinado)
3 – Jack Torrance de O Iluminado (Um livro com uma família desfuncional)
4 -Annie Wilkes de Misery (Um livro com personagens obsessivos)
5 – Pennywise de IT, A Coisa (Um livro com criaturas estranhas)
6 – Brady Hartsfield de MR. Mercedes (Um serial killer)
7 – Cemitério de Animais de O Cemitério (Um livro que dá tanto medo que dá vontade de enterrar e sair correndo)
8 – John Coffey de A Espera de Um Milagre (Um personagem que não é o que parece)

Happy Halloween!

tumblr_oee01iFFeX1tepew7o1_500.gif

Anúncios
Publicado em Eu li, Halloween

{euLi} O médico e o monstro – Robert Louis Stevenson #Halloween

o-medico-e-o-monstroSinopse: Publicado em 1886, em Londres, O Médico e o Monstro pode ser interpretado como uma alegoria do conflito entre a rigorosa moralidade vigente do século XIX e os desejos por ela reprimidos, próprios da natureza humana. Não por menos, Stevenson optou por chamar de Sr. Hyde (de hidden, ‘oculto’ em inglês) a faceta monstruosa que dominava de tempos em tempos a personalidade pacata do correto e respeitado Dr. Henry Jekill.

Eu gostei de ler esse livro e finalmente conhecer a história por trás de Jekill e Hyde. Infelizmente quem lê o livro hoje, não tem mais a surpresa de descobrir que eles são a mesma pessoa de tão falada que a história é. Acho que isso me influenciou porque fiquei esperando que acontecesse mais alguma coisa no final, então o livro não se tornou um dos meus favoritos.

O mais interessante é a forma como é abordado o bem e o mal que existe dentro de cada pessoa. Jekill é um bom cientista, amigável que quer ajudar as pessoas, mas tem dentro de si uma vontade de fazer coisas moralmente inaceitáveis para época. Vem daí sua brilhante (só que não) ideia.

Quem conduz a história é o Dr. Utterson, um advogado muito amigo de Jekill. Ele ouve uma história horrível relacionada a Hyde e fica querendo saber porque seu amigo tem relação com essa pessoa. Henry desconversa mas outros acontecimentos aguçam a necessidade de saber do amigo até o final e a grande revelação.

 

Não deixem de comentar 😉

Publicado em Eu li

{euLi} O bebê de Rosemary -Ira Levin #Haloween

o_bebe_de_rosemary_1407461408bOi pessoal, finalmente chegou a hora de falar desse livro aqui! O bebê de Rosemary de Ira Levin foi o livro escolhido para ler junto com alguns amigos (os do setembro policial) que acabaram virando um grupo de leitura chamado Nome Provisório (muito criativo). A intenção era a conversa ficar só entre nós, mas algumas pessoas pediram para participar da leitura e resolvemos criar um fórum para todos poderem participar, basta ler o livro e comentar (primeiro lemos os seis primeiros capítulos e depois o restante, fazendo a discussão em dois dias).O fórum é aberto e você pode ler a discussão e comentar, tem spoilers, clique aqui para ver. Eu não sou muito de ler histórias de horror, mas às vezes me arrisco, esse livro foi uma ótima surpresa. O suspense paira no livro do início ao fim e você fica querendo resgatar a Rosemary do pesadelo que se torna sua vida e não consegue parar de ler.

Sinopse: Rosemary Woodhouse e seu marido Guy, um ator que luta para se firmar na carreira, mudam-se para um dos endereços mais disputados de Nova York, o Bramford, um edifício antigo de ares vitorianos, habitado em sua maioria por moradores idosos e célebre por uma reputação algo macabra de incidentes misteriosos ao longo da história. Sem demora, os novos vizinhos, Roman e Minnie Castevet, vêm dar boas-vindas aos Woodhouse. Apesar das reservas de Rosemary com relação a seus hábitos excêntricos e aos barulhos estranhos que ouve à noite, o casal idoso logo passa a ser uma presença constante em suas vidas, especialmente na de Guy.
Tudo parece ir de vento em popa. Guy consegue um ótimo papel na Broadway, e novas oportunidades não param de surgir para ele. Rosemary engravida, e os Castevets passam a tratá-la com atenção especial. Mas, à medida que a gestação evolui e parece deixá-la mais frágil, Rosemary começa a suspeitar que as coisas não são o que parecem ser…

Desde o início fica claro que há algo muito estranho com os moradores do prédio, mas por mais que várias suspeitas são levantadas há sempre algo que atenua e Rosemary se vê de volta a calmaria. Até ela não poder mais ignorar os fatos e decidir tomar alguma providência, mas será que ainda há tempo? O final do livro é bem surpreendente, nunca tinha visto a famosa adaptação para o cinema então me surpreendi, porque foge do óbvio.

É um daqueles livros que levanta sempre a dúvida de o que você faria no lugar da personagem. Se mudaria para um lugar com uma fama estranha em que pessoas já se suicidaram? Acreditaria em bruxaria vinda de idosos tão amigáveis? Há um amigo que alerta Rosemary antes mesmo dela ir morar no prédio, porque lá aconteceram várias situações sinistras, pessoas que se suicidaram, cultos satânicos e outras situações bizarras. Mas mesmo assim o casal acha o lugar incrível e que tudo não passa de superstição. (No filme o prédio usado para as filmagens externa foi o Dakota, lugar em que morava John Lennon até ele ser assassinado na frente do prédio.)

O leitor entende mais rápido os planos macabros para o bebê de Rosemary do que a própria e já estamos inclinados a desconfiar dos personagens ao seu redor. Aos poucos vamos acompanhando tudo o que se passa pela cabeça da protagonista que vai do amor ao terror em poucas páginas, percebemos que no fundo ela sabe das coisas mas prefere não pensar no pior. E o que mais assusta no livro em determinados momentos é incapacidade de reagir em que a personagem fica presa. Não posso falar muito mais do enredo sem contar demais, o livro é curtinho, leiam!

O livro foi publicado 67 e a história se passa mesmo nessa década. E dá para perceber a busca pelo sonho americano da época, principalmente através do Guy, o marido dela. Ele é um ator em começo de carreira que não consegui fazer nada de sucesso ainda e fica um pouco obcecado com isso desde o começo.

Adaptações

Em 1969, O bebê de Rosemary, foi adaptado para o cinema estrelado por Mia Farrow e  dirigido por Roman Polanski. Em 2014, a história chegou à TV americana, em uma minissérie estrelada por Zoe Saldana.

Publicado em Contos, Outros, Poemas

{euLi} Contos e poesias + leitura coletiva

ponto_para_ler__contos_1476906837620994sk1476906837bOi pessoal hoje vou falar sobre um livro de contos e um de poesia (amostra) que recebi e gostei bastante.
*Você também pode ver a resenha em vídeo clicando aqui ou no final da página.

Ponto para ler – Contos

Primeiro queria apresentar o livro Ponto para ler – Contos do meu amigo Paulo Souza, Ponto para ler é o nome do blog literário que ele tem há 3 anos em que publica resenhas, dicas e contos também. Cinco contos (os mais bem recebidos pelos leitores do blog) estão nesse e-book junto com o inédito Catedral.

 O livro de cara me ganhou com o primeiro conto Diário de John Robinson Miller, que nas primeiras páginas duvidei que veria algo novo a princípio porque já li muitos livros que se passam na guerra. E me surpreendi com uma história cheia de esperança e bem diferente e que surpreende a cada detalhe. Depois veio Ptah, uma história de amor bonita e simples sobre tentação. Um conto de amor e guerra eu achei um pouco arrastado, mas traz uma história de amor medieval e deuses, o tema me prendeu bastante.

Descobertas Mentais e Despertar são muito bons, aqueles contos que nos fazem refletir sobre que vida levamos e que rumo o mundo inteiro está tomando. Paulo faz uma leitura sensível da sociedade, ainda com uma pontinha de esperança, foram sem dúvidas os meus contos favoritos. Gosto muito quando a história mistura o real e o imaginário, e nos perguntamos se tudo está acontecendo só na cabeça do personagem. Catedral fecha o livro e me explica a capa, o autor é de Brasília e revela uma indagação que eu acredito que seja sua mesmo em um conto em que a Catedral reflete sobre como poderia agregar todo mundo em vez de só atender aos católicos (achei ousado). Achei a escrita muito agradável e fácil de acompanhar, uma leitura prazerosa e provocadora. Não há desculpa para não adquirir o e-book, ele custa apenas R$ 3,17 na amazon.

Pequenas sinopses:

Diário de John Robinson Miller – Conto em formato de diário que se passa na guerra.
Ptah – Conto de fantasia medieval que fala sobre escolhas e o amor.
Um Conto de Amor e Guerra – 
Conto de fantasia medieval que conta o inicio de um amor durante uma guerra entre reinos.
Descobertas Mentais –      Conto de suspense psicológico sobre rotina.
Despertar – Conto de suspense psicológico sobre o poder dos egos.
Catedral –   Conto que mostra o pensamento e o conflito da catedral de Brasília

Contrariemos os Desencontros

capa-contrariemos-388x581Agora vamos falar de poesia, eu não me acho apta para avaliar poesias então posso dizer simplesmente que gostei e que me tocaram as poesias enviadas pela Juliana Aguiar. A autora me enviou um trecho do seu livro Contrariemos os Desencontros. Você pode adquirir direto com ela ganhar marcadores e mimos (página no face) ou no site da editora.

Texto da orelha: Todo amor é paz. Todo amor traz sorrisos. Todo amor é valioso. Contrariemos todas as coisas que se opõem ao amor: contrariemos os desencontros de espécies, de seres, de almas; enfim, de tudo.

As poesias são bem românticas e vou mostrar duas que gostei bastante para fechar o post de hoje:

A noite é dos poetas,
Loucos.Que cantam com suas vozes
Roucas.

As mais sentidas melodias de
Amor.

Loucos.
Roucos.
Amam.

 

De grão em grão,
Fui me acostumando.
A seu riso,
A seu jeito, 
A seu pranto.Num passo lento,
Me adaptei.
A sua atitude,
Seu jogo,
Sua lei.

E um sorriso
Em seu rosto 
Eu pintarei;
Pra dizer
Uma coisa
Sobre o nosso amor:
Eternizei.

 

Leitura coletiva

abril-a-livraria-24hr-do-mr-penumbraDando continuidade a nossa leitura em grupo o livro de novembro será A livraria 24 horas do Mr. Penumbra. Usem a #Nome Provisório e publiquem como anda a leitura 😉

  •  A leitura começa dia 01/11 até dia 13/11 com o fórum da primeira parte.
  •  Basta ler até o título A BIBLIOTECA (no físico é até a página 128  e no ebook até a 97 +ou-) para participar da primeira parte do fórum.
  •  A segunda parte é do dia 13/11 até dia 24/11
  •  Estaremos disponibilizando um link para a discussão no fórum nas redes sociais e aqui também.

Boas leituras!
Beijos

Publicado em Notícias

{news} Eu li notícias literárias da semana

Bob Dylan retira menção ao Nobel de Literatura do site oficial
“Vencedor do Nobel de Literatura”, dizia anúncio do livro que reúne as letras escritas pelo músico entre 1961 a 2012. Fonte: Estadão. Continue lendo

Livro com todas as letras de Bob Dylan vai ganhar versão brasileira
‘The Lyrics 1961-2012’ terá edição bilíngue dividida em dois volumes. Fonte: O Globo. Continue lendo

Novo livro de J. R. R. Tolkien vai ser lançado no ano que vem
Christopher Tokien, filho do escritor, editou livro com história escrita em 1917. Fonte: O Globo. Continue lendo

Prêmio Jabuti terá categoria decidida por voto popular
Após anúncio de finalistas nesta sexta-feira, leitores poderão votar em site.  Fonte: O Globo. Continue lendo

Ensaísta e jornalista Carolin Emcke recebe Prêmio da Paz na Feira do Livro de Frankfurt
Os escritores Orhan Pamuk e Svetlana Slexijewitsch já foram homenageados pela premiação da Associação dos Livreiros Alemães. Fonte: Estadão. Continue lendo

Stephen King anuncia lançamento de primeiro livro infantil com trem falante
Charlie the Choo-Choo conta a história do maquinista Bob e seu melhor amigo, o trem Charlie. Fonte: Omelete. Continue lendo

Wolverine entra em clima de despedida no primeiro trailer de Logan
Último filme com Hugh Jackman como o Mutante das Garras de Adamantium. Fonte: Adoro Cinema. Continue lendo

Ler regularmente aumenta sua expectativa de vida, diz estudo
Durante doze anos, pesquisadores produziram testes com mais de três mil leitores. Fonte: Revista Galileu .  Continue lendo