Publicado em Eu li

{euLi} Meio sol amarelo – Chimamanda Ngozi Adichie

meio-sol-capa

Sinopse: Filha de uma família rica e importante da Nigéria, Olanna rejeita participar do jogo do poder que seu pai lhe reservara em Lagos. Parte, então, para Nsukka, a fim de lecionar na universidade local e viver perto do amante, o revolucionário nacionalista Odenigbo. Sua irmã Kainene de certo modo encampa seu destino. Com seu jeito altivo e pragmático, ela circula pela alta roda flertando com militares e fechando contratos milionários. Gêmeas não idênticas, elas representam os dois lados de uma nação dividida, mas presa a indissolúveis laços germanos – condição que explode na sangrenta guerra que se segue à tentativa de secessão e criação do estado independente de Biafra.
Contado por meio de três pontos de vista – além do de Olanna, a narrativa concentra-se nas perspectivas do namorado de Kainene, o jornalista britânico Richard Churchill, e de Ugwu, um garoto que trabalha como criado de Odenigbo -, Meio sol amarelo enfeixa várias pontas do conflito que matou milhares de pessoas, em virtude da guerra, da fome e da doença. O romance é mais do que um relato de fatos impressionantes: é o retrato vivo do caos vislumbrado através do drama de pessoas forçadas a tomar decisões definitivas sobre amor e responsabilidade, passado e presente, nação e família, lealdade e traição.

O que dizer desse livro maravilhoso dessa autora maravilhosa? A vontade é falar apenas: leiam! Esse livro é necessário para entender um pouco a situação de alguns países africanos, principalmente da Nigéria. A Nigéria nos anos 60 estava tentando encontrar a saída da colonização, mas a influência inglesa e de outros países ainda era muito grande e o apoio diferente há grupos que já não eram exatamente unidos geram uma guerra de secessão. Um país chamado Biafra é criado no sul da Nigéria, depois que muitos Igbos são massacrados pelos grupos do norte.

Nossos personagens estão em Biafra, então acompanhamos toda a guerra e todas as dificuldades absurdas que eles passam. A fome, a miséria e uma vida totalmente insalubre. Biafra não tinha a menor condição de ganhar, nem dinheiro, nem armas nem alimentos suficientes, mas o governador fica enganando a população e muita vida é desperdiçada. É muito triste de acompanhar.

Ao mesmo tempo os personagens são sensacionais, seus dramas interiores (que não são ligados só a guerra) se destacam e são profundamente explorados. Temos um pouco da cultura do país e de costumes que muitas vezes só atrapalham a vida deles. Alguns pais querendo que seus filhos se casem e vivam da maneira x e fazendo de tudo para prevalecerem. Vemos a força e a dor do amor na guerra e as coisas que os seres humanos acabam fazendo em meio a tanto horror. E fica aquela mensagem que guerra é um desperdício de vida e gera um revanchismo entre as populações que chega a ser ridiculamente óbvio que elas não deveriam existir.

Anúncios

Autor:

Estudante de Jornalismo na UFF, leitora voraz, que gosta muito de dividir com os amigos o que lê, o que gosta de ler e o que amou ler.

4 comentários em “{euLi} Meio sol amarelo – Chimamanda Ngozi Adichie

  1. Oiii Thamiris tudo bem?
    Que dica maravilhosa que tu trouxeste menina, fiquei bastante animada em relação a sua resenha, a autora já está bem renomada na sociedade e literatura, fiquei bastante curiosa.
    Abraços

  2. Oi, Thamiris.
    Gostei muito da dica!
    Já tinha ouvido falar dessa autora, mas essa é a primeira vez que paro para ler uma resenha de um de seus livros. Parece ser aquela leitura forte, realista e emocionante. Acertei?
    Espero ter a chance de ler Meio sol amarelo algum dia. 😉

    Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s