Publicado em Blogagem Coletiva, Outros

Blogagem coletiva – Experiências Literárias com o #NomeProvisório [Fim do BEDA]

blogagem1Oi pessoal! Último dia de BEDA e último dia da blogagem do #NomeProvisório, meu grupo de blogueiros e de leitura (tudo junto rs). Que finalmente tem um nome! Agora vamos nos chamar Pacto Literário! Outro nome vindo de brincadeiras sobre alguém abandonar o grupo e etc. Se você quiser participar da leitura coletiva só pedir para entrar no grupo no face (aqui). Nós te receberemos bem! ❤

O post de hoje é justamente para falar sobre essa parceria que resultou em amizade e excelentes leituras (momento declaração de amor haha). É muito bacana ler em grupo, ainda mais com cada mês uma nova proposta de leitura, vindo de um grupo com pessoas de gostos variados que acaba fazendo você sair da zona de conforto. Nada melhor do que ler um livro e na sequência ter com quem conversar sobre. Às vezes sai aquela opinião que bate com a sua e você fica feliz ou surge algo novo que você nem tinha pensado e  é melhor ainda.

Nós começamos lendo O bebê de Rosemary de Ira Levin, porque foi bem no Halloween (começamos em outubro), eu nunca tinha lido um livro de “terror” (mesmo que bem de leve). Mas não sei se teria lido esse ótimo livro se não fosse a indicação do grupo. E até hoje fazemos piadas com pactos e o amuleto que aparece no livro feito de tannis. Depois foi a vez de brochar coletivamente com o A biblioteca 24 horas do Mr. Penumbra de Robin Sloan, livro chatinho que todo mundo empurrou para acabar hahahh Até isso em grupo é bom porque você vê que não é só você e dá para falar mal sem spoiler.

Depois foi minha vez de indicar e o que ganhou foi o maravilhoso A máquina de fazer espanhóis do Valter Hugo Mãe. Eu amei ver o pessoal do grupo se esforçando para ler a escrita diferente do autor, e depois se apaixonando pelo livro. A escrita dele é bem poética e pouco ortodoxa requer certa concentração no começo e como Paulo deu a dica até ler em voz alta ajuda. Mas ele se tornou um dos meus autores favoritos da vida.

Depois veio Admirável Mundo Novo do Aldous Huxley, para começar 2017 com chave de ouro, quem leu ficou bem interessado na história e ele trás várias questões que podemos relacionar com a sociedade de hoje. Além de ter inspirado várias distopias . Adorei o empurrãozinho que faltava para ler logo esse.

Fevereiro trouxe Entrevista com o vampiro da Anne Rice, outro livro que já pensava em ler a bastante tempo e só faltava aquele incentivo. Não foi aquela leitura que todos leram, e nem das melhores, mas dá pra salvar algumas partes do livro. No mês seguinte foi a vez de ler um livro que eu já conhecia, mas acho que acabaria não lendo também: Amor Amargo da Jenifer Brown. Um livro bem necessário que fala sobre relacionamento abusivo. E esse mês também me tirou da zona de conforto ao ler um drama escrito por um autor nacional, pelo começo eu achei que talvez não fosse gostar tanto da leitura, mas me surpreendi com A máquina de contar histórias do Maurício Gomyde (indicação da Mércia que lê muitos autores nacionais novos). Estaremos discutindo ele hoje lá no grupo :).

Por fim fica o meu agradecimento aos meus amigos maravilhosos que ainda não tive a oportunidade de conhecer pessoalmente, mas que já tenho um enorme carinho. A cada dia trocamos mais ideias sobre livros e sobre escrever blogs e fazer vídeos no youtube. Mas também falamos da vida e dos nossos dramas. Vocês já se tornaram uma parte importante da dela! Obrigada por me escutarem sempre e pela companhia virtual 😀 Amigos digitais hahahahha

Anúncios

Autor:

Estudante de Jornalismo na UFF, leitora voraz, que gosta muito de dividir com os amigos o que lê, o que gosta de ler e o que amou ler.

14 comentários em “Blogagem coletiva – Experiências Literárias com o #NomeProvisório [Fim do BEDA]

  1. *-* Que post mais lindo! Obrigado mais uma vez por ter me convidado para o #SetembroPolicial que originou esse grupo e essa amizade virtual linda! Grande abraço e um dia ainda tomaremos todos chá de tannis juntos

  2. Thami é a culpada dessa amizade digital!
    Obrigada por ter nos convidado para o Setembro Policial ❤
    Sem ele, essa amizade não existiria e a gente não teria essa dose diária de amor gratuito!
    Thami, melhor pessoa!

  3. Amei a matéria, Thami! Essa dica do Paulinho para ler em voz alta A Máquina de fazer espanhóis foi o pulo do gato para eu conseguir entender a história do livro e amar a trama.
    É sempre muito bom estar com vocês, mesmo que digitalmente. ♥

    Cris
    Plataforma 9 3/4

  4. Também nunca leria terror se não fosse o grupo.
    E não tomaria coragem pra ler Admirável Mundo Novo hahuah
    Quero retomar a leitura de Hugo Mãe. Sinto que é necessário.
    E obrigada pela companhia diária virtual. Os papos e dicas!
    É amor demais!

  5. Ah que linda essa postagem Thamiris, venho acompanhando esse grupo desde o setembro policial e fico feliz que tenha continuado firme e forte.
    Abraços

  6. Que lindo! Amizades assim são tão gostosas que nem parecem virtuais. É tão bom ter com quem partilhar gostos e experiências e é difícil encontrar alguém que se interesse pelos livros que a gente lê no nosso dia a dia. Adorei a ideia do grupo!

    Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s