Publicado em Projetos de Leitura

{ConhecendoCervantes} Dom Quixote – Vol2

O_ENGENHOSO_FIDALGO_DOM_QUIXOT_14810785041634SK1481078504BOi pessoal! Hoje vamos voltar a falar de O Engenhoso Fidalgo Dom Quixote de La Mancha, para quem não sabe ainda, temos o projeto Conhecendo Cervantes sobre esse livro e também sobre Novelas Exemplares (confere nessa playlist o que já falamos). O livro sobre Dom Quixote na verdade é composto de dois volumes, e depois de falar do primeiro, chegou a hora de falar sobre o segundo. Eu dividi essa leitura em mais ou menos 24 capítulos por post/vídeo (confira o cronograma), então hoje vamos até o capítulo 24.

O autor já começa no epílogo comentando sobre esse tal livro de Dom Quixote que circulou escrito por um outro autor, e de como isso não ameaça em nada seus lucros e sua fama e que ele não vai perder tempo ofendendo o outro autor. Mas ele conta a resolução que ele teve para o final desse livro e que evitaria esse tipo de coisa.

Como terminou o outro volume Dom Quixote está em casa recebendo os cuidados da sobrinha e da empregada que não querem que ele saia mais de casa e se envolva em maluquices. Também estão preocupados os amigos,principalmente, o cura e o barbeiro. Eles até ficam com raiva de Sancho quando ele vem visitar o mestre, achando que ele que incentiva essas viagens. O fiel escudeiro explica para o mestre qual a opinião das pessoas sobre ele a pedido dele.

_No que toca_ prosseguiu Sancho _ a valor, cortesia, façanhas, e missão de Vossa Mercê, há mui diversar opiniões: uns dizem “louco, mas gracioso”, outros, “valente, mas desgraçado”; outros , “cortês, mas impertinente”; e assim vão discorrendo, de tantas formas e feitios que nem a Vossa Mercê nem a mim nos deixam costela inteira.

Mas também aparece um outro personagem, Bacharel Carrasco, que parece a princípio incentivar essa loucura, e ainda conta para Quixote que há um livro sobre ele contando todas as suas façanhas até agora. E o livro bate com o que a gente leu no primeiro volume.  Mas que depois descobrimos que faz parte da trama para que ele fique em casa, e que pode até vir a aparecer como vilão porque ficou com raiva do fidalgo.

Em alguns capítulos dessa parte nosso tradutor vai dizer que o tradutor acredita que sejam inverossímeis, alguns por que Sancho vai dizer coisas muito profundas para o personagem e outros que acontecem coisas malucas demais para Dom Quixote dizer que foi assim que aconteceu. O que é bem irônico porque as coisas quem o fidalgo contam são sempre meio malucas mesmo, não vi diferença.

Temos uma parte em que Dom Quixote viaja a Toboso pra encontrar sua amada, mansão faz ideia de onde ela mora, e acredita que Sancho sabe e tem que apontar o caminho. Para se ver livre disso, Sancho que nunca a viu, inventa que ela é uma camponesa que vem vindo e como Dom Quixote não acredita, diz que ela tá enfeitiçada aos olhos dele para ele não reconhecer. Isso da feitiçaria de um “necromante” que sempre atrapalha Dom Quixote é um recurso que aparece muito ao longo da história, usado como desculpa oras por um oras pelo outro.

Pontos interessantes que acontecem nessa história: um duelo em que milagrosamente Dom Quixote ganha, é claro por sorte, mas que ele fica se achando; um casamento que sai totalmente fora do esperado e que ele acaba ajudando só com a sua coragem; ele entra numa caverna e lá dentro vê maravilhas e acha que passou dias mas só ficou uma hora; a amizade com uma família que fica na dúvida se ele é louco ou muito sábio.

É um louco com intervalos lúcidos.

Anúncios

Autor:

Estudante de Jornalismo na UFF, leitora voraz, que gosta muito de dividir com os amigos o que lê, o que gosta de ler e o que amou ler.

5 comentários em “{ConhecendoCervantes} Dom Quixote – Vol2

  1. Olá! Acho o seu projeto super interessante e válido, e acho ótimo esse “resgate” de uma literatura mais clássica, mas infelizmente eu tenho traumas de Dom Quixote. Fui obrigada a ler quando era muito novinha, para a escola, e foi uma das piores experiências literárias que eu tive. Hoje eu enxergo que eu não tinha idade nem maturidade para ler e entender Cervantes, mas infelizmente é bem comum as escolas fazerem isso.
    Enfim, sou suspeita pra falar da obra, mas estou gostando dos seus posts e vídeos. Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s