Publicado em Outros

2º Sorteio #SetembroPolicial Ano 2

banner sorteio 2.JPG

Mais um sorteio cheio de parceiros maravilhosos! Nesse você concorre aos livros:  Cela sem portas de Marcel Trigueiro, O homem que busca sua sombra de David Lagercrantz (Millenium Vol. 5),  Menino de Deus de Lindoberto e Os três suspeitos e outras histórias de Tito Prates. E mais uma caneca lindona do Setembro Policial e dois marcadores! Fica o nosso muito obrigado aos autores que cederam seus livros tão gentilmente e apoiam nosso projeto. E a Companhia das Letras que embarcou no nosso projeto esse ano!

Regras

  1. Curtir as páginas no facebook:
    Amante dos livros – clique aqui
    Conversa de livro – clique aqui
    Dicas da Isa – clique aqui
    Eu li ou vou ler – clique aqui
    Jeniffer Geraldine – clique aqui
    Ponto para ler – clique aqui
    Plataforma 9 3/4 – clique aqui
    Literatura Policial – clique aqui
  2. Curtir e marcar dois amigos no comentário na foto promocional no facebook: clique aqui

Regulamento completo:

  1. Serão sorteados um exemplar dos seguintes livros: Cela sem portas de Marcel Trigueiro, O homem que busca sua sombra de David Lagercrantz (Millenium Vol. 5),  Menino de Deus de Lindoberto e Os três suspeitos e outras histórias de Tito Prates. E mais uma caneca lindona do Setembro Policial e dois marcadores! 😉
  1. O sorteio será feito em 22/09/2017, através da ordem dos comentários no facebook que poderão ser feitos até o dia 21/09/2017.
  2. Poderá participar deste sorteio qualquer pessoa física, portadora de CPF regularizado, residente e domiciliada no território nacional.
  3. Só estarão qualificadas para concorrer ao sorteio as pessoas que cumprirem as regras acima.
  4. O prêmio é individual e intransferível. Em hipótese alguma poderá ser trocado por outro produto/prêmio ou convertido em dinheiro.
  5. O vencedor será contatado pelo blog Eu li ou vou ler  pelo facebook e por e-mail para enviar seus dados completos (nome, endereço, e-mail e outros dados que venham a ser solicitados), para assim poder receber o prêmio em casa. Caso não responda o contato até o dia 27/09, um novo sorteio será realizado.
  6. Se não for constatado o cumprimento de todas as regras no momento da conferência e/ou o(s) contemplado(s) tenha(m) um perfil considerado falso, será realizado um novo sorteio.
  7. O prêmio será enviado ao vencedor (a) dentro do prazo de 60 (sessenta e cinco) dias úteis contados a partir da data em que entrar em contato com o blog Eu li ou vou ler  e enviar seus dados de entrega. As despesas do envio são de responsabilidade dos autores e da editora Companhia das Letras. O blog Eu li ou vou ler não se responsabiliza pelo envio dos livros, já que esse sorteio está sendo feito em conjunto com os autores e a  editora, que enviarão para o premiado os prêmios que estão sob suas responsabilidades.
  8. Nesse sorteio o blog Eu li ou vou ler está responsável pelo envio dos 2 marcadores e da caneca.
  9. O prêmio será enviado apenas para endereços dentro do território brasileiro.
  10. Os participantes isentam o blog Eu li ou vou ler e os outros participantes por falhas na transmissão eletrônica de seus dados e/ou das respostas e/ou por falhas de qualquer natureza verificadas durante o período do sorteio, nos meios de comunicação, de rede ou dos computadores, hardware ou software, bem como por quaisquer danos verificados ou por aqueles fatos decorrentes de caso fortuito ou força maior.
  11. O blog Eu li ou vou ler reserva-se o direito, a seu critério exclusivo, de cancelar, encerrar, modificar ou suspender o sorteio a qualquer hora, caso haja motivo de irregularidade ou fraude que afete qualquer etapa do sorteio, com relação ao cadastramento, indevida obtenção ou envio de respostas relacionadas ao sorteio por parte de qualquer participante.
  12. Casos omissos não previstos neste regulamento serão analisados e decididos pelos organizadores da promoção, que terão direito à decisão soberana e irrevogável.
  13. O participante inscrito na promoção aceitou integralmente os termos do regulamento desta promoção.

Participem!🙂

Anúncios
Publicado em Outros

Convite para o #SetembroPolicial (ano 2)

WhatsApp Image 2017-08-26 at 16.20.46

Oi pessoal! Sei que estou sumida por aqui! Mas eu vim convidar vocês para participar de mais um ano de #SetembroPolicial! Isso mesmo, a partir de sexta só falaremos de livros voltados para a Literatura Policial. E vocês podem participar das leituras, comentando e também lendo outros livros do gênero, postando com a nossa #. Na sexta eu revelo qual é a minha TBR ❤ Não deixe de seguir o instagram e curtir a página do Eu li no facebook para não perder nada. Teremos 3 sorteios e uma gincana, tá imperdível! Tem vários outros blogs participando de novo, e você confere a listinha abaixo. (Muito obrigada por vocês existirem!) E quem fez essa logo linda foi a Dona Jeniffer Geraldine!

E lá no instagram vai começar esse desafio no dia 1º:

WhatsApp Image 2017-08-28 at 07.35.53

Só postar seguindo na ordem e usar a nossa #SetembroPolicial (a partir do dia 1º é claro 😉 ).

Enquanto dia 1º não chega, que tal conferir essas playlists lá no canal que podem te ajudar a escolher alguns livros para ler? 😉

Especial Agatha Christie
Todos os livros do Sherlock Holmes (escritos pelo Conan Doyle)
Vídeos do Setembro Policial do ano passado.

E você também pode conferir aqui os posts de todos os blogs do ano passado!

Acompanhe também nos blogs: Conversa de livro, Dicas da Isa, Jeniffer Geraldine, Literaturapolicial.com, Plataforma 9 3/4, Ponto para ler, Um café com Luke, Amante dos Livros.

 

Publicado em Eu li, Outros

{euLi} Uma longa jornada – Nicholas Sparks

UMA_LONGA_JORNADA_1459639227332401SK1459639227BSinopse: Aos 91 anos, com problemas de saúde e sozinho no mundo, Ira Levinson sofre um terrível acidente de carro. Enquanto luta para se manter consciente, a imagem de Ruth, sua amada esposa que morreu há nove anos, surge diante dele. Mesmo sabendo que é impossível que ela esteja ali, Ira se agarra a isso e relembra momentos de sua longa vida em comum: o dia em que se conheceram, o casamento, o amor dela pela arte, os dias sombrios da Segunda Guerra e seus efeitos sobre eles e suas famílias. Perto dali, Sophia Danko, uma jovem estudante de história da arte, acompanha a melhor amiga até um rodeio. Lá é assediada pelo ex-namorado e acaba sendo salva por Luke Collins, o caubói que acabou de vencer a competição. Ele e Sophia começam a conversar e logo percebem como é fácil estarem juntos. Luke é completamente diferente dos rapazes privilegiados da faculdade. Ele não mede esforços para ajudar a mãe e salvar a fazenda da família. Aos poucos, Sophia começa a descobrir um novo mundo e percebe que Luke talvez tenha o poder de reescrever o futuro que ela havia planejado. Luke e Sophia. Dois casais de gerações diferentes que o destino cuidará de unir, mostrando que, para além do desespero, da dificuldade e da morte, a força do amor sempre nos guia nesta longa jornada que é a vida.

Oi pessoal! Como comentei na TBR do Junho água com açúcar, eu tinha zero expectativas sobre esse livro e, infelizmente, não foi uma surpresa a leitura. Eu achei o livro bem mediano pela forma do autor narrar as situações e porque durante muito tempo não acontece nada demais. Os diálogos entre Sophie e Luke são muito sem graça, explicam sua vida um pro outro e ficam dizendo o quanto se amam, mas nada que me arrancasse algum suspiro. O trabalho perigoso de Luke, ele compete montado em touros, a falta de dinheiro para manter a fazenda e os problemas vindo desses dois motivos, não foram contados de uma forma que fizesse com que eu ficasse preza na leitura. Além disso, eu gostei muito mais da história do Ira e da Ruth, que é uma lembrança do que o casal que está vivendo o “agora”.

A história de Ira, preso na neve  por um acidente de carro dialogando com a lembrança de sua esposa, que já faleceu, é bem mais interessante, mostra um amor que já passou por várias etapas. Juntos eles colecionaram inúmeros quadros, que se tornaram uma coleção de valor, mas ele trocaria todo o dinheiro do mundo pra ficar com ela. Clichê, mas é a parte do livro que funciona melhor. E é claro que essas duas histórias se cruzam, se não não faria sentido, não posso contar muito, mas foi uma parte criativa e até gostei de como acabou.

Sexta eu volto com mais um livro do Junho água com açúcar, dessa vez um que eu amei!

Publicado em Blogagem Coletiva, Outros

Blogagem coletiva – Experiências Literárias com o #NomeProvisório [Fim do BEDA]

blogagem1Oi pessoal! Último dia de BEDA e último dia da blogagem do #NomeProvisório, meu grupo de blogueiros e de leitura (tudo junto rs). Que finalmente tem um nome! Agora vamos nos chamar Pacto Literário! Outro nome vindo de brincadeiras sobre alguém abandonar o grupo e etc. Se você quiser participar da leitura coletiva só pedir para entrar no grupo no face (aqui). Nós te receberemos bem! ❤

O post de hoje é justamente para falar sobre essa parceria que resultou em amizade e excelentes leituras (momento declaração de amor haha). É muito bacana ler em grupo, ainda mais com cada mês uma nova proposta de leitura, vindo de um grupo com pessoas de gostos variados que acaba fazendo você sair da zona de conforto. Nada melhor do que ler um livro e na sequência ter com quem conversar sobre. Às vezes sai aquela opinião que bate com a sua e você fica feliz ou surge algo novo que você nem tinha pensado e  é melhor ainda.

Nós começamos lendo O bebê de Rosemary de Ira Levin, porque foi bem no Halloween (começamos em outubro), eu nunca tinha lido um livro de “terror” (mesmo que bem de leve). Mas não sei se teria lido esse ótimo livro se não fosse a indicação do grupo. E até hoje fazemos piadas com pactos e o amuleto que aparece no livro feito de tannis. Depois foi a vez de brochar coletivamente com o A biblioteca 24 horas do Mr. Penumbra de Robin Sloan, livro chatinho que todo mundo empurrou para acabar hahahh Até isso em grupo é bom porque você vê que não é só você e dá para falar mal sem spoiler.

Depois foi minha vez de indicar e o que ganhou foi o maravilhoso A máquina de fazer espanhóis do Valter Hugo Mãe. Eu amei ver o pessoal do grupo se esforçando para ler a escrita diferente do autor, e depois se apaixonando pelo livro. A escrita dele é bem poética e pouco ortodoxa requer certa concentração no começo e como Paulo deu a dica até ler em voz alta ajuda. Mas ele se tornou um dos meus autores favoritos da vida.

Depois veio Admirável Mundo Novo do Aldous Huxley, para começar 2017 com chave de ouro, quem leu ficou bem interessado na história e ele trás várias questões que podemos relacionar com a sociedade de hoje. Além de ter inspirado várias distopias . Adorei o empurrãozinho que faltava para ler logo esse.

Fevereiro trouxe Entrevista com o vampiro da Anne Rice, outro livro que já pensava em ler a bastante tempo e só faltava aquele incentivo. Não foi aquela leitura que todos leram, e nem das melhores, mas dá pra salvar algumas partes do livro. No mês seguinte foi a vez de ler um livro que eu já conhecia, mas acho que acabaria não lendo também: Amor Amargo da Jenifer Brown. Um livro bem necessário que fala sobre relacionamento abusivo. E esse mês também me tirou da zona de conforto ao ler um drama escrito por um autor nacional, pelo começo eu achei que talvez não fosse gostar tanto da leitura, mas me surpreendi com A máquina de contar histórias do Maurício Gomyde (indicação da Mércia que lê muitos autores nacionais novos). Estaremos discutindo ele hoje lá no grupo :).

Por fim fica o meu agradecimento aos meus amigos maravilhosos que ainda não tive a oportunidade de conhecer pessoalmente, mas que já tenho um enorme carinho. A cada dia trocamos mais ideias sobre livros e sobre escrever blogs e fazer vídeos no youtube. Mas também falamos da vida e dos nossos dramas. Vocês já se tornaram uma parte importante da dela! Obrigada por me escutarem sempre e pela companhia virtual 😀 Amigos digitais hahahahha

Publicado em Dicas, Outros

[BEDA] O que tem na prateleira? [Ingleses e outros]

Oi pessoal! BEDA quase chegando ao fim, hoje encerramos o O que tem na prateleira?, tá na hora de mostrar os últimos cantinhos e livros.

N18197980_1476624295744886_2122644767_nesse nicho estou deixando espaço para os autores ingleses, quero ter outros livros do Dickens, Jane Austen… por isso posso deixar espaço aqui para depois. Esse nicho também é complicado que muitos livros não cabem pela altura. Estão aqui:

->O roxinho é A Abadia de Northanger da Jane Austen aí também está Orgulho e Preconceito (meu favorito dela – resenha). Já li outros da autora e gosto muito.

-> Dois livros do Bukowski: Misto-quente (que já li e é bem ácido – resenha) e Ao sul de lugar nenhum que ainda não li.

->A Utopia de Thomas Mann (ainda não li) e duas peças de Shakespeare  (quero ter as outras um dia) que gosto muito: Antônio e Cleópatra e o Mercador de Veneza.

-> O Morro dos Ventos Uivantes (resenha) é um livro muito interessante, com personagens que a gente ama e odeia ao mesmo tempo, da Emily Brontë. Ainda quero ler os livros escritos por suas irmãs, principalmente Jane Eyre.

-> A edição mais bonita desse cantinho, com certeza é a de David Coperfild do Charles Dickens, ainda não li, mas dele já li Grandes Esperanças (resenha) e é um livro incrível.

18197306_1476624232411559_1495095529_n

Em cima da mesa do computador estão os livros que não se encaixam em outro lugar, ou eu ainda não li e não sei se é bom, ou estou lendo também. É a parte mais misturada. Eu fiz dois apoios para eles ficarem em pé e ensinei como fazer nesse post (aqui). Temos aqui:

-> Os livros do John Green, eu mesma fiz um box para eles com a caixa que ganhei no lançamento do filme Cidades de Papel. Dentro estão O Teorema Katherine, Deixe a neve cair (dele com outras duas autoras), Quem é você, Alasca?, A culpa é das estrelas e Cidades de Papel. Os que mais gosto são A culpa e Alasca, o que menos gosto Cidades (apesar do filme ser bem legal).

-> A graça da coisa da Martha Medeiros, é um livro de crônicas que ainda estou lendo.

-> Cela sem portas que deveria estar na parte policial do Marcel Trigueiro (corrigirei), uma ótima dica para quem quer ler mais autores nacionais (resenha).

-> A trilogia Cinquenta Tons de Cinza (todo mundo tem direito de ler umas  bobeiras às vezes hahah) da E.L. James

-> O azarão do Markus Zusak que não gostei (nem li as continuações da trilogia) e Eu sou o mensageiro que é dele também e amo.

Sinopse: Ed Kennedy leva uma vida medíocre, sem arroubos. Trabalha, joga cartas com cúmplices do tédio, apaixona-se por uma amiga que dorme com todos os vizinhos do subúrbio e divide apartamento com um cão velho. O pai alcoólatra morreu há pouco; a mãe parece desprezá-lo. Certo dia, ele impede um assalto a banco e é celebrizado pela mídia. O ato heróico tem conseqüência. Logo depois, Ed recebe enigmáticas cartas de baralho pelo correio: uma seqüência de ases de ouros, paus, espadas, copas, cada qual contendo uma série de endereços ou charadas a serem decifradas. Após certa hesitação, rende-se ao desafio. Misteriosamente levado ao encontro de pessoas em dificuldades, devassa dramas íntimos que podem ser resolvidos por ele.

-> O Extraordinário (quero ler logo antes que o filme saia)

> A vida do livreiro A.J. Fliker que é uma fofura de história (amei) da Gabrielle Zevin (resenha).

-> Muito prazer, eu sou a morte do Jorge Oliveira recebi em parceria com a Chiado (preciso ler logo).

-> Outro dia que eu ganhei num evento da Record e preciso comprar para ter os dois e aí sim ler o Todo Dia que vem primeiro nessa duologia do David Levithan.

-> Resgate de Amor de Carlos Augusto Segatto é um livro infanto-juvenil bem bacana que mistura romance policial com uma história de amor, li tem muitos anos.

-> Por um fio do Drauzio Varela que ganhei num amigo oculto e nunca li (preciso ler).

-> O leitor do trem das 6h27 de Jean-Paul Didierlaurent é uma história muito fofa também gostei (resenha).

18216972_1476623502411632_1085062381_nNesse outro apoio temos:

-> Um dia do David NIicholls (que não curti muito),

-> A garota que você deixou para trás da Jojo Moyes (ainda não li) e Como eu era antes de você (que amei).

-> Uma longa jornada do Nicholas Sparks, que lerei em breve para ver se gosto, apesar de ter certo preconceito (foi presente).

-> Outros livros que ganhei da Record e sei pouco sobre: O que fez minha melhor amiga (Lucy Dawson), Como dizer adeus em robô (Natalie Standiford). E Homens, Mulheres e Crianças de Chad Kultgen (que já me falaram muito bem do filme).

-> Um certo verão na Sicília (Marilena de Blasi), li e acho que gostei na época, apesar de não me lembrar muito bem.

-> Livros da Hoo editora que amei (LGBT): O livro das coisas que nunca aconteceram (Ana Luiza Savioli – resenha), Volto quando puder (Isa Próspero e Márcia Oliveira – resenha), Torta de Climão (HQ de Kris Barz).

-> Outros dois livros da Chiado que ainda não li: A bela e os lobos (Alexa L.D.) e 9 e um Quarto (João Gonçalvez).

Confira as prateleiras anteriores: Fantasia, Romances Históricos, Suspense e Clássicos e Contemporâneos.

Beijos!