Publicado em Eu li

{euLi} A máquina de contar histórias -Maurício Gomyde

A_MAQUINA_DE_CONTAR_HISTORIAS_1401363728BSinopse: Na noite em que o escritor best-seller Vinícius Becker lançou A Máquina de Contar Histórias , o novo romance e livro mais aguardado do ano, sua esposa Viviana faleceu sozinha num quarto de hospital. Odiado em casa por tantas ausências para cuidar da carreira literária, ele vê o chão se abrir sob seus pés. Sem o grande amor da sua vida, sem o carinho das filhas, sem amigos… O lugar pelo qual ele tanto lutou revela-se aquele em que nunca desejou estar.
Vinícius teve o mundo nas mãos, e agora, sozinho, precisa se reinventar para reconquistar o amor das filhas e seu espaço no coração da família.

Esse livro foi a leitura de abril do meu grupo de leitura Pacto Literário (antes Nome Provisório). Eu demorei a começar a leitura, eu ouvi alguns amigos dizendo que choraram já no começo, confesso que fiquei com medo do livro ser muito apelativo nesse sentido. Eu sou meio difícil de chorar lendo, mesmo emocionada, e passei o começo ok, apesar da perda que os personagens sofrem. Foi um livro que demorou um pouco a me conquistar, porque os personagens já começam sofrendo antes de eu ter aquela preocupação forte por eles. Comecei a gostar mais do livro quando eu vi que o grande foco da história era um pai tentando reconquistar as filhas, e no fim quando o autor faz várias conexões nas atitudes dos personagens que não posso contar quais.

Todos na família tem nome com V, o casal Vinícius e Viviana tem uma relação de apoio e feliz e são pais da Valentina e da pequena Vida. Tudo ia relativamente bem, apesar de Vinícius trabalhar demais, até Viviane descobrir um câncer. Nosso pai em vez de dar todo apoio a elas, se distancia ainda mais e se afunda na carreira para fugir do problema, isso gera uma revolta totalmente compreensível por parte de Valentina que viu a mãe morrer sozinha.

No começo temos muitas lamentações de Vinícius, aquelas famosas lamentações depois que não adianta mais, e ele dizendo que não sabe o que a Valentina pensa e que ela não se abre. Sendo que ela gritou na cara seus motivos. Não entendi o que ele não estava entendendo. Mas depois que ele passa de fato a lutar pelo amor das filhas e viaja com elas para tentar concertar as coisas e ter um tempo só com elas é que o livro todo melhora.

Também é um livro que debate o papel do escritor, se ele deve escrever com técnica pra vender ou com o coração e pela arte, ou os dois e se dá para ser as duas coisas. Vinícius é um escritor prestigiado por muitos fãs, um “Nicholas Sparks brasileiro”, e escreve romances que levam todas as lágrimas. Mas como ele pode ser isso e ser tão frio com a família? Ele é super metódico para escrever e reconhece que escreve de forma fria para atender resultados. Uma vez uma professora quando percebe que ele escreve bem o dá um livro de técnicas, o que era um empurrão acaba virando sua bíblia. Com toda a mudança para reconquistar as filhas ele acaba se deparando com a escrita de Valentina, caótica mas cheia de emoção e força. E essas meninas ensinam muito para ele.

É um livro que vai falar de perda e de perdão. Aquilo de que os pais também são seres humanos que erram bastante e que você deve ser capaz de perdoar são temas importantes.

Junho água com açúcar

0]

Leitura em grupo do #PactoLiterário (cliqueaqui)

18835852_1932337260125277_6469018423776222532_n

Publicado em Projetos de Leitura

{ConhecendoCervantes} Novelas Exemplares – Miguel de Cervantes (Parte 6)

Oi pessoal! Hoje encerramos a conversa sobre o livro Novelas Exemplares, com esse post sobre as duas últimas novelas: Novela do casamento enganoso e Novela e colóquio que houve entre Cipião e Berganza. Essas duas novelas se complementam, são as únicas no livro em que isso acontece. A impressão que passa é que Cervantes teve a ideia da segunda enquanto estava escrevendo a primeira, mas como o conteúdo renderia mais ele decidiu separar.

18871061_1515236551883660_1993063158_n-1.jpg

Essa novela faz pensar naquele ditado de ladrão que rouba ladrão, só que no caso seria quem engana alguém que tentou te enganar também. Aqui temos um soldado saindo do hospital e encontrando um amigo que se surpreende ao vê-lo tão mal. O amigo o convida para almoçar e eles conversam sobre a história dele. O soldado casou enganado por uma mulher que se dizia dona de uma casa e pequenas posses, mas ele também não era lá muito inocente nessa história. E no fim relata que quando estava no hospital ouviu dois cachorros conversando.

18816335_1515236545216994_835687593_n

Eu já tinha visto essa imagem no sumário mas não fazia ideia de que seria um colóquio entre cachorros e foi uma experiência mais interessante do que eu esperava. Não temos certeza se o soldado realmente ouviu ou imaginou o que anotou, mas é um diálogo bem profundo entre os cachorros Cipião e Berganza.

Os cachorros começam muito admirados de estarem com a habilidade de conversar, e assim resolvem contar um para o outro suas trajetórias até ali. Quem conta a história na verdade é Berganza, não cabe na novela a história de Cipião que ficou para o dia seguinte caso eles voltem a falar. Cipião o tempo todo apressa o outro e pede para ele não se perder em devaneios e mexericos para que dê tempo para os dois, mas a história de Berganza dura a noite inteira.

E não era para menos já que ele teve donos de vários tipos sociais como: ciganos, senhores, pastores, professores… A lista é longa e a análise que ele faz sobre seus donos é muito curiosa, ele também mostra como a humildade canina acaba conquistando as pessoas, mas que muitas vezes a grande expectativa colocada em cima dos caninos faz com que os humanos fiquem contra o amigo até então fiel. Fica a curiosidade na novela de porque eles estão falando, eles não sabem explicar muito bem, até há uma história envolvendo uma bruxa que poderia explicar mas não há certeza em cima dela.

Eu gostei muito de ler essas novelas e mesmo as que não gostei tanto por achar o tema donzela em perigo repetitivo, depois que li um texto do anexo sobre as mulheres entendi que há uma construção para mostrar o perigo que as mulheres corriam, como elas estavam a total mercê dos homens. Recomendo a leitura dos anexos que falam sobre as Novelas e sobre outras obras de Cervantes.

Publicado em Eu li, Projetos de Leitura

{Conhecendo Cervantes} O Engenhoso Fidalgo Dom Quixote de La Mancha – Parte 5

Essa foi uma das partes mais bacanas de Dom Quixote até agora (capítulo 25 até o 48), gostei muito mesmo. Se você não conhece o projeto Conhecendo Cervantes ainda, saiba que estamos quase no fim. Tenho postado sobre o livro O Engenhoso Fidalgo Dom Quixote de La Mancha e Novelas Exemplares, ambos de Miguel de Cervantes (cronograma aqui). E pretendo fechar falando sobre ele a partir da leitura da biografia Cervantes. Se você ainda não leu Dom Quixote sugiro que assista os outros vídeos no canal do Eu li ou vou ler (playlist).

Nessa parte do livro Dom Quixote e Sancho encontram um duque e uma duquesa muito animados e dispostos a fazer de conta que acreditam em tudo que o cavaleiro fala. Eles acabam armando várias situações para que a dupla mostre seu valor, é um pouco de maldade enganá-los assim. Mas pensando bem, eles estariam procurando aventuras fictícias e correndo perigo na mão de pessoas menos pacientes se não estivessem com eles.

Sancho fica abismado como o casal trata bem seu amo, com muitas honrarias, e ele mesmo acaba ganhando o governo da tão sonhada ilha (que não é uma ilha de verdade no caso). Esses trechos são muito divertidos, novamente, Dom Quixote intercala sabedoria e loucura. O leitor acompanha ele dar conselhos muito sábios ao Sancho já que ele irá se tornar governador, alguns são realmente admiráveis. Outros são sobre postura e para não soltar tantos ditados como o escudeiro costuma fazer, nessa parte do livro isso é bem ressaltado com Sancho usando vários ditados encadeados em períodos enormes. Eu estou amando essa última parte do livro e já sinto que sentirei falta desses dois personagens.

{news} Eu li notícias literárias da semana

Drauzio Varella lança ‘Prisioneiras’, o último livro de uma trilogia
Obra faz um retrato das mulheres encarceradas na Penitenciária Feminina da Capital, em São Paulo. Fonte: O Globo. Continue lendo

Mercado editorial encolhe 5,2% no ano passado e faturamento é o menor desde 2006
Resultado é melhor do que em 2015, que teve recuo de 12%; compras governamentais garantiram alívio. Fonte: O Globo. Continue lendo

Jabuti já recebe inscrições
Critérios de avaliações das 27 categorias que já existiam foram revistos. Edição inclui duas novas categorias: HQs e Livros Brasileiros Publicados no Exterior. Fonte:Publishnews. Continue lendo

Uma vitrine para a diversidade na literatura
Obras que valorizam a diversidade começam a ganhar espaço nas livrarias. Fonte: Estadão. Continue lendo

Rupi Kaur diz que quer ser mais que uma poeta do Instagram
A autora de ‘outras maneiras de usar a boca’ já vendeu mais de 55 milhões de livros ao redor do mundo com posições firmes na luta do feminismo por direitos iguais. Fonte: Estadão. Continue lendo

Festival de Cannes | Entre vaias, aplausos e ataques à Netflix, Okja conquista o evento
Miyazaki foi referência para a fábula anticapitalista de Boong Joon-Ho sobre porcos mutantes. Fonte: Omelete. Continue lendo

Publicado em Projetos de Leitura

{Conhecendo Cervantes} Novela das duas donzelas e Novela da Senhora Cornélia – Miguel de Cervantes

Oi pessoal, hoje vamos falar sobre mais duas novelas presentes em Novelas Exemplares de Miguel de Cervantes. Faz parte do projeto Conhecendo Cervantes (confira todos os vídeos e o cronograma) falar desse livro, assim como de O Engenhoso Fidalgo Dom Quixote de La Mancha.

18555106_1498510770222905_837909827_n

Na Novelas das duas donzelas temos duas mulheres fortes que vão atrás do que querem, gostei muito disso, mas ao mesmo tempo por conta da época a preocupação que s motiva é o casamento. No começo conhecemos a Teodósia e seu irmão, ela apaixonada por Marco Antônio e se entregou a paixão antes que a relação deles fosse pública. Mas ele sumiu de repente e ela ficou desesperada, na dúvida se tinha sido abandonada, sem ter como contar a família rica e tal. Ela decide fugir disfarçada de homem, mas acaba encontrando no caminho o próprio irmão, que a ajuda, e uma segunda apaixonada.

18554349_1498510773556238_328142185_n

Essa o tema começa parecido, mas  trama é movimentada e trata mais de um mal entendido do que de uma vilania do noivo. Há também um dama desesperada, só que essa tem um bebê escondida da família. Os personagens principais, dois homens espanhóis visitando a Itália, acabam enrolados nesse enredo e tendo que ajudar todos os lados da história para evitar um final sangrento.